top of page
  • Foto do escritorJoana

Plantas como terapia



Habituei-me desde pequena a ter plantas em casa. Sempre fez parte do dia a dia da minha mãe cuidar das várias espécies que tinha. E eram muitas, acreditem. Um hábito que permanece até hoje!



Cada planta é única, como nós. Cada uma tem uma maneira própria de ser cuidada, de se desenvolver. E acompanhar este processo pode ser terapêutico, quase maternal. É um processo que transmite calma, e que permite que a nossa mente esteja

imersa numa única atividade. Para além disso, sendo que as plantas são todas diferentes, o nosso pensamento tem de estar focado, de forma a saber a melhor forma de tratar de cada uma. Não há espaço para mais nada, apenas para o que estamos a fazer.



O ato de as ver crescer e desenvolver é, por si só, um ato de amor. Ali está o resultado do trabalho e cuidado que foi tido ao longo do tempo, e não há nada melhor do que ver um ser vivo amadurecer. Ter plantas em casa é trazer a natureza para o

nosso espaço, vivendo em harmonia connosco. E há lá coisa melhor do que viver com a natureza?


Esta terapia é aconselhada no tratamento de vários doenças do foro mental, mas também pode ser utilizada apenas por quem está cansado de uma rotina stressante e conturbada. É trazer a calma para o nosso espaço. Não deve, claro, ser tido como uma moda, uma vez que não estamos a falar de objetos que podemos deitar fora quando nos cansarmos, mas é um ótimo escape para todos os que se interessam por este hobbie.

40 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page