top of page
  • Foto do escritorJoana

Nas Asas de um Anjo

Escrevi o meu primeiro livro em 2012. Estava desempregada, e decidi por isso tentar fazer algo que já me causava curiosidade há muito tempo. Como seria escrever um livro? Não me passava pela cabeça publicá-lo, apenas achava que escrever um livro era um mistério, e queria saber como era. Já me tinham dito que não escrevia mal de todo, tinha uma história na cabeça, e aproveitei um período de desemprego longo para por em prática este desafio. Confesso que não foi difícil escrever. Levou o seu tempo, tive de "puxar pela cabeça", mas à medida que ia construindo a história, esta desenvolvia-se na minha cabeça sem grande dificuldade. Não contei a ninguém o que estava a fazer. Não sabia se conseguia, e não tinha grandes planos para o livro, mesmo se fosse concluído. Por norma escrevia já de madrugada, quando em casa já todos tinham ido dormir.

Quando terminei a história, tive um sentimento de desafio cumprido incrível. Afinal, escrever um livro era isto. Mas, e agora? Agora já estava! O objetivo tinha sido atingido, e ficou guardado no meu computador. Pelo menos, durante um tempo. Alguns meses mais tarde, em conversa com uma amiga de infância, contei-lhe o que tinha feito. De imediato pediu que lhe enviasse o que tinha escrito, para poder ler. Assim fiz, e rapidamente tive feedback, pois leu muito rápido. Aconselhou-me a enviar a história para uma editora, e arriscar. O máximo que poderia acontecer, era não ser aceite. Sabia que se isso acontecesse, seria uma desilusão para mim, mas teria de tentar.


Enviei para várias editoras, e a verdade é que a maioria não respondeu, ou respondeu negativamente, fazendo questão de deixar explicito que já trabalhava com escritores de renome, motivo pelo qual não conseguiriam dar-me uma oportunidade. A editora que me respondeu, mostrou interesse e me fez a melhor proposta, foi a Chiado Editora. Nessa altura contei à família mais próxima, e aconselharam-me a avançar, e aceitar essa proposta. Assim fiz! Fiz uso das economias que tinha, e investi em algo meu.


A partir daí, tudo aconteceu muito depressa. Tive de tomar várias decisões em parceria com a Chiado Editora, mas passaram poucos meses até ter os primeiros exemplares nas minhas mãos. A sensação é indescritível, e só quem passa por isso sabe o que se sente quando um sonho se materializa. Um sonho que nunca me tinha permitido ter.


A apresentação e lançamento do "Nas Asas de um Anjo" aconteceu no dia 24 de Novembro de 2012, no Centro Cultural de Sardoal, o meu concelho natal, com a presença de um membro da editora, e da minha madrinha, Raquel Carola, que escolhi para me acompanhar neste momento. Estava grande parte da minha família, algo que achei que nunca fosse acontecer, e que foi de grande importância para mim. Estavam ali pela minha pessoa, para verem nascer algo que eu criei.


Duas semanas depois, fiz uma nova apresentação na Junta de Freguesia da Baixa da Banheira, com a presença do seu presidente, Nuno Cavaco, e a da minha professora, Rita Tapadinhas. Aqui tive a presença de muitos amigos, que me acompanharam neste dia tão importante.


Dediquei este livro aos meus pais, pois foram eles que fizeram de mim o que sou. O livro foi lido e apreciado pela maioria das pessoas que o adquiriu. Não foi um bestseller, pois infelizmente é muito difícil fazer com que um livro chegue ao conhecimento da população em geral, mas nem por isso tenho menos orgulho do que criei. Escrevi um livro, e o "Nas Asas de um Anjo" já ninguém me tira!


Sinopse


E se de um momento para o outro a sua vida, até ao momento perfeita, se visse abalada pelo aparecimento de algo com que não contava, e que pode destruir não só a sua mas, também, a vida dos que mais ama. Numa sociedade em que cada vez mais, o cancro é tido não só como uma doença, mas também como um problema social capaz de, direta ou indiretamente, afetar famílias inteiras, "Nas Asas de um Anjo" leva-o a descobrir que há certas decisões que, apesar de serem aparentemente ridículas, poderiam ser tomadas por todos nós.

26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page