top of page
  • Foto do escritorCarlita

Dia dos Irmãos


Hoje celebra-se o Dia dos Irmãos, dos manos, daqueles que são sangue do nosso sangue e tanto partilham connosco, ou pelo menos assim deveria ser.


Durante 7 anos fui filha única, não desgostei confesso, mas ter uma irmã era um fascínio para mim, era como se fosse ter uma boneca interativa.



Pedido feito, pedido cumprido, a 6 de Junho de 1993, nascia a minha mana mais nova, que parte de mim considera quase como uma filha. Nos primeiros 2, 3 anos era mesmo uma boneca, e muitas fraldas sujas levei eu para o lixo...



A nossa diferença de idades sempre foi um pouco acentuada, eu na escola, ela no infantário, depois eu na universidade e ela a ganhar borbulhas na cara...


Hoje em dia, somos quase gêmeas, ambas mães, com muitos objetivos em comum, perdidas pelo/s sobrinho/s; e uma cumplicidade que nos une que só nós as duas conseguimos efetivamente perceber.



Quando fui mãe, sabia que se pudesse teria mais que um filho, precisamente para lhe proporcionar essa companhia, essa partilha no crescimento, porque a parceria que temos com os nossos manos/as são para a vida!


Relativamente aos meus meninos, eles têm precisamente 3 anos e 6 meses de diferença, é um desafio mas ao mesmo tempo é uma alegria esta casa. A relação deles é tão típica, se estão juntos dá logo confusão, mas se estão separados só pedem o mano. O instinto protetor do mais velho deixa-nos completamente embevecidos. Uma vez viu o irmão cair e magoar-se, ele disse automaticamente "preferia que tivesse sido comigo".

Ter irmãos é isto.


Feliz Dia a todos os que desse lado também partilham da mesma bênção, e do mesmo pensamento.


Feliz Dia Mana, Adoro-te Pienku!



91 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1件のコメント


Sílvia Curro Alves
Sílvia Curro Alves
2021年5月31日

Não sei se ria pelas fotografias, ou chore pelo lindo texto. É tão isto! Feliz dia dos manos ❤️

いいね!
bottom of page