top of page
  • Foto do escritorJoana

Yasmine Nunes, com a música no coração - Parte 2

No passado dia 21 de Junho, celebrou-se o Dia Europeu da Música, uma data comemorada desde 1982, e que pretende celebrar uma das artes mais importantes. Por este motivo, decidi dar ênfase a como a música pode ter uma importância tão grande na vida de muitos jovens.


Uma destas jovens é minha prima, Yasmine Nunes, e que partilha esta paixão com o pai, Martinho Nunes, e o irmão, Dinis Nunes. E não, nunca se tratou de uma imposição, tentando perpetuar uma tradição de família. Trata-se mesmo de uma paixão que lhes corre nas veias, e que os une aos 3.



Lembram-se deste artigo? Nesta altura a Yasmine estava a começar a dar um passo mais nesta sua caminhada "musical". Decidi questioná-la sobre o que mudou, o que evoluiu na sua vida, e as convicções que se mantém!


A Yasmine concordou partilhar esta experiência comigo, mas não se conseguiu alongar muito. O motivo? A vida dela é muito "cheia". De música, principalmente! Que orgulho é, ver o evoluir de quem se gosta.


VA. Sempre tiveste interesse no mundo da música?

YN. Sim, sempre, desde pequena que me interessei pela área da música, quer por influência de familiares, quer por opção própria.


VA. Em que momento se tornou mais sério, e decidiste mesmo estudar música?

YN. O momento em que se tornou mais sério foi no meu nono ano, em que tinha que decidir o curso que queria seguir, e não hesitei, pois sempre quis música.



VA. Porque escolheste a Escola Canto Firme de Tomar?

YN. Eu escolhi o conservatório da Canto Firme, pois além de ser o mais próximo de onde vivo, tem vários aspetos positivos a nível de qualidade de ensino.


VA. Como tem sido este teu percurso?

YN. O meu percurso não tem sido linear, mas isso já era o esperado, pois nada é sempre constante, tem altos e baixos, mas de forma geral vejo de uma maneira positiva.


VA. Tens de conciliar o ensino normal com o ensino da música. Como fazes esta gestão?

YN. A gestão dos dois, para mim, não é complicado, pois o curso profissional já vem com as disciplinas do ensino dito normal.



VA. O que mais fazes, no que ao mundo da música diz respeito, no momento?

YN. O que mais tenho feito, este ano, foram concertos de orquestra e de música de câmara.


VA. O que esperas do teu futuro?

YN. Para o meu futuro, após a conclusão do curso, espero continuar os estudos.


133 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page