top of page
  • Foto do escritorCarlita

O Tempo.


O tempo não anda, o tempo corre, às vezes parece que estagna.


Ultimamente tenho feito a maratona com ele. E a relatividade do tempo deixa-me em caos.


Os dias são infindáveis, quero fazer tudo e falta-me tempo. Olho para o relógio, tempo, tempo, tempo.


Hoje, o meu filho mais novo teve a sua festa de finalista porque vai para o primeiro ciclo. Como assim Tempo?



Porque quando amamos, quando idolatramos, quando fazemos com o coração o tempo voa, a uma velocidade desmedida e assustadora. Ainda me lembro tão bem do meu filho bebé, parece que foi ontem.


Em contrapartida, quando estamos cansadas, a usufruir em pleno de um momento que pedimos ao Tempo: calma! Ele não ouve e segue o seu ritmo, portanto o que ia ser já foi.


Desabafos meus, escrito a horas impróprias.. porque imagina-se… falta-me tempo!!


Apesar de tudo, sei que tu, Tempo, és o meu melhor amigo.


Continua desse lado.





52 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page