top of page
  • Foto do escritorJoana

O Meu Mundo Saudável, por Helena Fonseca

Hoje focamo-nos no tema da Alimentação Saudável. Não é segredo para ninguém que a Carla é apaixonada por esta área, e eu, apesar de ainda ser fraquinha no que a este assunto diz respeito, gosto sempre de saber um pouco mais sobre tudo. Desta forma, decidimos trazer o testemunho e experiência de quem aprendeu a comer melhor, e que agora se propõe a ajudar quem a ela recorrer, quer por necessidade, quer por curiosidade, quer para, como nós, aprender um pouco mais.

Helena Fonseca apresenta-se como Coach Pessoal, é administradora da página de Facebook "O Meu Mundo Saudável", e propõe-se a ajudar quem queira "atingir a sua melhor versão". Desafiámo-la a apresentar a sua forma de ver este mundo da Alimentação Saudável, e de atingir a forma ideal para evitar problemas de saúde derivados do excesso de peso, convite que aceitou de imediato. Agradecemos a sua pronta colaboração!


"Desde que me lembro sempre me preocupei em não comer alimentos maus para não me estragar a saúde. Lembro me de em criança não querer comer rebuçados e chupas porque achava que o açúcar me ia apodrecer os dentes. Batatas fritas só comia uma vez por semana, mesmo que a minha mãe fizesse mais vezes. Entre outras coisas. Não me recordo de onde vinha esta preocupação/consciência, mas tinha a de fato. Em parte deve-se à minha mãe que sempre lutou com a balança por excesso de peso e a acumular algumas situações de saúde. Com dietas do corta na comida e sempre no perde 1 kg e ganha-o logo de seguida. Aprendi com ela que para emagrecer tinha cortar na comida. E comigo funcionava, eu era super magra mas andava sempre sem energia e vitalidade.



Os anos passaram e a minha mãe sempre na luta com o peso, acumulando mais problemas de saúde e eu, apesar de ter uma vida ativa, andava sempre cansada desde que acordava, até que me deitava. Fazia as minhas tarefas porque tinha de as fazer e sempre com esforço. E estava preocupada, pensava para mim “se eu estou assim com 30 anos, como vou estar com 40 ou 50 anos? Até que há quase 6 anos atrás o meu irmão chegou lá a casa super entusiasmado com os produtos da Herbalife que estava a fazer e que já tinha eliminado mais de 10 kgs. E levou para nós experimentarmos. Eu recusei, não concordava com isso de andar a tomar coisas para emagrecer, e nem precisava sequer! Mas ele explicou me o conceito, que a Herbalife era um complemento nutricional para termos os nutrientes que a comida não nos dava e que fazer a refeição Herbalife ao pequeno-almoço era bom para toda a gente, assim, na refeição mais importante do dia, garantíamos os melhores nutrientes para o nosso corpo para ele funcionar melhor. No caso da minha mãe ela ia fazer um plano especifico para baixar o peso e eu fazer só a troca do pequeno-almoço.


E assim foi, eu aceitei porque realmente precisava que o meu corpo funcionasse melhor, e a partir do 3º dia eu comecei a notar uma diferença enorme, deixei de sentir cansaço, gula. Recuperei a minha energia, a minha vitalidade, concentração. Foi brutal! Hoje com 36 anos sinto-me muito melhor do que com 26. Antes eu era prisioneira do meu corpo, a minha mente queria fazer coisas mas o meu corpo não acompanhava. Desde há 6 anos para cá que ele acompanha. Precisava de mais algumas páginas para descrever todos os benefícios e todas as coisas boas que aconteceram neste tempo com esta simples troca de pequeno-almoço, mas ficará para outra altura.



A mãe eliminou 13 kg, ficou com um peso que já não se via há 30 anos e peso esse que mantém até hoje. Ao mesmo tempo os meus primos mais chegados também iniciaram um plano de perda de peso, eliminaram 20 kg cada um e foi com esses resultados, a alegria, a confiança e a leveza com que ficaram, que eu decidi focar-me em ajudar pessoas a emagrecerem com a Herbalife Nutrition aumentando a sua confiança, autoestima, alegria, energia, liderança pessoal. Porque percebi que o peso influencia muito! E até agora tenho vindo a acumular resultados maravilhosos!



Como a Luísa, com 13 kg a mais e que derivado à sua doença não saía do sofá, ao final de 6 meses corria atrás do neto. A Manuela com a mesma doença que também já se sente muito mais viva e ativa. A Vera que se sente mais bonita e ficou super feliz porque vestiu um vestido que há 3 anos não lhe servia. A Marlene e a Teresa com menos peso e muito mais energia fazem mais horas na sua empresa e aumentaram a faturação! Entre muitas outras histórias!



Essa é a minha missão pessoal, ajudar mulheres a terem uma vida melhor com mais saúde e alegria, com uma nutrição de excelência, através de boas escolhas alimentares, tendo sempre o meu apoio pessoal e de uma comunidade. E tudo isto de uma forma simples, fácil e descontraída!"







99 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

APC Jovem

Comments


bottom of page