top of page
  • Foto do escritorJoana

Nós com a Ucrânia!!!

Quando, em 2020, enfrentámos a iminência de uma Pandemia, que se veio a confirmar, achámos que já tínhamos visto tudo. Nunca imaginámos que, em pleno século XXI, veríamos a Guerra pela Guerra. Violência por Violência. Desrespeito por Desrespeito.


A maioria dos que assistem, impotentes, à realidade que se desenrola em plena Europa, estão revoltados, desanimados, verdadeiramente tristes com o que está a acontecer com um povo nosso amigo, mas ainda há quem tente justificar aquilo a que assistimos todos os dias. Que é política, que é poder, que existem quebras de acordos, razões que não entendo, nem quero entender.


Muitos dizem que a Guerra é assim, que há coisas que têm de acontecer, e que em situações destas existem danos colaterais. Peço desculpa, mas da minha incompreensão fazem parte esses mesmos danos colaterais. Uma criança inocente, que tem uma família, uma vida comum, sonhos, e que morre às mãos de monstros, não pode ser apenas um dano colateral. Um ser humano, homem ou mulher, que lutou uma vida inteira pela sua família, pelo seu futuro, pela sua subsistência e algum conforto, não devia ver destruída a sua casa, e ver essa destruição como um dano colateral. Alguém que ama o seu país, que planeou viver toda a vida no seu "canto", não deve ser obrigado a fugir com medo, e ter de enfrentar o desconhecido e as dificuldades que não teria de enfrentar, não fosse este um dano colateral.


Peço desculpa a quem vê a questão de outra forma, mas não existe justificação para a guerra, ponto final. Ninguém tem o direito de destruir a vida de pessoas inocentes!


Por aqui, e tendo em conta a pouca ajuda que podemos dar, decidimos colaborar com quem partilha a incompreensão connosco. A Associação Miorita (Associação Moldava em Portugal/Barreiro), com a colaboração da Associação Desportiva e Cultural dos Fidalguinhos e o Projeto Gratitude, decidiu levar a cabo uma angariação de bens para ajudar os refugiados Ucranianos em território Moldavo. Vamos contribuir com o que pudermos, e disponibilizamo-nos para receber donativos de quem queira dar a ajuda possível. Entregaremos os bens doados aos elementos do Projeto Gratitude, até quinta-feira, uma vez que tudo o que for angariado, seguirá para a Moldávia no próximo fim-de-semana.


Os bens que podem ser doados são os seguintes:

  • Cobertores, lençóis, toalhas;

  • Alimentos (biscoitos, chás, conservas, café, cereais, etc.);

  • produtos de higiene (fraldas de bebê, tudo para a higiene feminina, sabonete, champô...);


Portugal é um país solidário. Mostremos aquilo de que somos feitos, e ajudemos quem está a passar pelo pior momento das suas vidas!!!

43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page