top of page
  • Foto do escritorJoana

Médicos do Mundo - Perto de quem mais precisa, onde mais ninguém chega

Ouvimos tantas vezes, nos telejornais, falar de instituições e organizações, que de certa forma, já fazem parte do nosso dia a dia. Acabamos por pensar, erradamente, que sabemos exatamente o trabalho que desempenham. Não poderíamos estar mais enganados.


A organização Médicos do Mundo, é uma das mais importantes da nossa sociedade. Estamos a falar de uma das missões mais nobres que alguém pode ter, e que se foca no que temos de mais importante: a nossa saúde. A verdade é que, apesar de alguns momentos mais complicados no nosso SNS (como o que atravessamos atualmente), a maioria de nós pode considerar-se privilegiado, por termos acesso a cuidados médicos, com relativa facilidade. Infelizmente, nem todos se podem vangloriar do mesmo.


Confesso que, quando contactei os Médicos do Mundo, achei que não iria obter resposta. Porque motivo uma organização com tanto prestigio se iria preocupar com uma proposta de um Blog discreto como o nosso. A verdade é que me surpreenderam, aceitando de imediato colaborar connosco, enviando o texto e imagens que lhes solicitámos, e mostrando-se disponíveis para futuras colaborações ou pedidos de ajuda. Muito lhes agradecemos a disponibilidade. Se já tinha esta missão como imensamente nobre, no momento acho que estes seres humanos são verdadeiros anjos. Obrigada por existirem!


Foto com Crédito de Emanuele Siracusa/Médicos do Mundo


"A Médicos do Mundo (MdM) é uma organização não-governamental que faz parte de uma Rede Internacional composta por 17 delegações que, em mais de 70 países, lutam para que o acesso à saúde seja um direito pleno para todos os cidadãos do mundo. Toda a sua ação baseia-se no seu lema fundacional “ir onde os outros não vão, testemunhar o intolerável e trabalhar benevolamente”.


A MdM tem como público-alvo populações vulneráveis - que incluem pessoas em situação de sem-abrigo, idosos, imigrantes, migrantes, refugiados, pessoas que utilizam drogas, trabalhadores sexuais, entre tantas outras -, a quem presta apoio médico, medicamentoso e psicossocial, participando publicamente na defesa dos seus direitos, nomeadamente do direito à saúde.


Foto com Crédito de Emanuele Siracusa/Médicos do Mundo


Atualmente, a MdM Portugal conta com 17 projetos de Norte a Sul do país, onde intervém em diferentes áreas, como VIH/SIDA, doenças crónicas/debilitantes, saúde mental, falta de acesso a cuidados de saúde, apoio psicossocial, redução de riscos e minimização de danos, exclusão social e promoção da saúde e do envelhecimento ativo e saudável. Também está presente em Moçambique, com dois projetos centrados no combate às doenças relacionadas com a pobreza, como doenças infeciosas, na vigilância materno-infantil e na vacinação.


A MdM Portugal aposta ainda em ações de advocacy, uma prática e exercício de cidadania que pretende incidir sobre pessoas e entidades com capacidade de influência e decisão política e/ou pública.


Foto com Crédito de Emanuele Siracusa/Médicos do Mundo


Uma das principais características da organização é a sua resposta de grande proximidade da comunidade, no domicilio e também através de unidades móveis, que lhe permite chegar onde mais ninguém chega. Por isso, desempenha um papel essencial, em complementaridade com os sistemas públicos de saúde.


O trabalho realizado pela MdM só é possível com a ajuda de muitas pessoas, entre colaboradores, voluntários, parceiros e doadores. Todos são importantes, cada um é essencial para chegar mais longe, onde há alguém que precisa.


Junte-se a esta missão!

Conheça a MdM Portugal e saiba como ajudar em www.medicosdomundo.pt."


Médicos do Mundo

47 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page