top of page
  • Foto do escritorJoana

Incrível Outono

Quem gosta do Outono? EU!!! Adoro esta estação do ano. Na realidade, gosta de todas, porque cada uma tem algo que gosto em particular, mas tendo em conta que a minha estação preferida é o Inverno (sim, leram bem), agora que o tempo começa a arrefecer, começam a aparecer os momentos e fatores que fazem desta estação do ano tão incrível.


Regressou a chuva, finalmente! Numa altura em que o nosso país, e não só, enfrenta uma seca quase sem precedentes, estas primeiras chuvas parecem um milagre. Juntando a isso o facto de eu adorar chuva, o cheiro da terra molhada, e o aconchego de a ver cair pela janela, podem imaginar como adoro.


Veio o dia de Santos. Claro que se cumpriu a tradição das crianças irem pedir os Bolinhos. Trata-se de uma verdadeira tradição, pela qual os miúdos continuam a esperar e ansiar com o mesmo entusiasmo que eu tinha nessa altura, tal como descrevi no post que publicámos à cerca de 1 ano, aqui.


O meu fim de semana de Santos foi passado na minha terra, Andreus, concelho de Sardoal, e o cheiro sentido era, precisamente, de Outono. Nesta altura já são permitidas as queimadas, e o cheiro a fumo que anda no ar é muito característico desta altura. É estranho? Talvez, mas a verdade é que não é um cheiro mau, é um cheiro que nos remete, precisamente, para o Outono no campo. Para além disso, aproveitámos para fazer as tradicionais broas, bolos típicos desta altura, em forno de lenha. Querem melhor?


Agora aproxima-se o S. Martinho. Isto significa castanhas e, apesar de este ano quase termos de "vender um rim" para as comprar, a verdade é que é mais uma data a comemorar e saborear. Não gosto particularmente das bebidas alcoólicas que devem acompanhar as castanhas, mas para quem é apreciador, é aproveitar para "aquecer a alma".


Também estamos quase na época do Natal. Quase, porque a meu ver ainda falta mais de 1 mês, mas se tivermos em conta as lojas, os anúncios publicitários, e a vontade do meu afilhado de fazer enfeites, talvez estejamos mesmo às portas do Natal. Na realidade, não acho que o Natal seja apenas a consoada e as prendas. Gosto de aproveitar toda a época, e de viver a magia inerente em pleno, por isso, aprecio particularmente a proximidade desses tempos.


Não faltam motivos para aproveitar este Outono. Que saibamos vivê-lo com calma, e esperança de outros povos europeus possam voltar, rapidamente, a viver as próprias tradições. Que neste Outono, ansiemos por paz para todos!

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page