top of page
  • Foto do escritorJoana

Hipnoterapeuta Pedro Araújo

Hoje trago o testemunho de alguém que conheço há algum tempo, mas que considero que consegue falar do que faz muito melhor do que eu.


Conheci o Pedro Araújo através da minha amiga e professora Rita Tapadinhas. Nem sempre enfrentamos momentos excecionalmente bons, e naquele momento senti necessidade de alguma ajuda. A professora Rita falou na hipnoterapia. Apesar de não conhecer bem do que se tratava, decidi experimentar. Foi assim que conheci o Pedro, quando ele se tornou o meu Hipnoterapeuta.


Durante algumas sessões "aturou-me". A experiência em si foi interessante, e confesso que me senti melhor. O Pedro sempre me ouviu, e nunca me julgou, colocando-me sempre à vontade. O principal que se pode pedir de um terapeuta. Se sentir necessidade de voltar a fazer algumas sessões, se fosse possível, gostava que fosse com o Pedro. Acho que isso diz tudo!


"Olá! O meu nome é Pedro José Ramos de Araújo Domingos, sou terapeuta emocional. Sou hipnotista, Hipnoterapeuta e hipnólogo, estudo emoções, coatching, e PNL, sou formado de base em geriatria, formador profissional. Sou terapeuta já há alguns anos e tenho acompanhado muitos pacientes tanto em Portugal como no estrangeiro.


As situações que mais me aparecem em consultório são: Depressões, Problemas de ansiedade, Traumas, Processos de luto, Fobias, Problemas de excesso de peso, Problemas de baixo peso, Terapia para deixar de fumar, Progressão, Terapia de relacionamentos, Hipnose erótica, Hipnose de Regressão, Terapia de entre vidas, Terapia de vidas passadas, entre outros. Todos estes estados podem ser alterados através de um acompanhamento. Através de sessões de hipnose, juntamente com técnicas de PNL, bem como de terapia emocional, consegue-se reverter estes sintomas e transformar a vida do paciente.


A mudança é possível e está ao alcance de qualquer um. Para agendar consulta basta ligar para o número 936026513 ou por mensagem privada para a página do hipnoterapeuta Pedro Araújo. Consultas em Lisboa, Pinhal novo, Portimão, Porto e em Bordeaux.


Comecei a estudar hipnose logo após 2010, iniciei os meus estudos neste mundo começando pela parte holística. Fiz formações atrás de formações, li livros, fui a palestras, mas faltava qualquer coisa que desse sentido a tudo aquilo que vinha a estudar. Surgiu a hipnose, algo altamente fascinante, um mundo onde quando se entra, não há como voltar atrás. Agora sim, tudo fechava e batia certo. Os bloqueios, os medos, as crenças limitadoras e auto destrutivas. Estava tudo lá. Consciente e subconsciente e o berço da vida. O bem e o mal, ou talvez o equilíbrio entre o masculino e o feminino.


Porque é que as pessoas que fumam continuam a fumar mesmo sabendo que faz mal? Porque é que uma pessoa obesa não faz dieta ou opta por alimentos saudáveis? As respostas estão todas lá. É um processo que anda entre o consciente e o subconsciente. Basta apenas trocar os lugares dessas mesmas ideias. Visto assim parece muito fácil, mas há um abismo nesta troca de lugar de pensamentos. A vontade, o empenho, a responsabilização, todos estes fatores são a alavancagem para o sucesso da terapia. Claro também que terapeutas há muitos, mas cada indivíduo tem de sentir conexão com o seu terapeuta para atingir os objetivos da sessão. A confiança que se ganha em consultório é 60% da eficácia da terapia. O resto, tudo tem a ver com os conhecimentos e competências do terapeuta.


A hipnose é uma terapia fantástica, mas em muitos termos injustiçada pelas crenças de que a pessoa vai ficar a dormir, ou de que se vai transformar em uma galinha, e etc... Depois da sessão, quando o paciente percebe que não esteve a dormir, muitas das vezes fica frustrado achando que não esteve sobre efeito de hipnose, e logo quando se dá a mudança na sua vida, não faz a associação da mudança à terapia, pois já nem se lembra dela. A mudança ocorre sempre, mas novamente digo que a hipnose é sempre a injustiçada pois nunca é igual de paciente para paciente. Cria-se expectativas por ouvir a história do outro, mas comigo não foi igual.


A terapia é eficaz, sempre será eficaz, mas o conjunto de fatores terapeuta, estado emocional do paciente e ambiente, vão sempre ser eliminatórios para o resultado final. Todas as técnicas que uso em consultório já as apliquei em mim, para perceber a eficácia, muitas clássicas, muitas alteradas por mim com base na eficácia da experiência de anos de sessões. Dentro do leque de terapia de hipnose a que mais me fascina é o PROCESSO DE LUTO, pois nestes casos o paciente precisa realmente de fazer um processo de mudança, e se lá está, 99,9% das vezes está de coração aberto e de livre vontade. É um processo lindo, no fim, ver a serenidade da pessoa a começar a lidar com a morte/perda de uma forma mais amena.

O processo de regressão de vidas passadas também é fascinante, pois seja real ou não, o conhecimento sobre vidas passadas reflete muito em processos sistêmicos do indivíduo e também traz sempre muitas mudanças, conclusões, e auto conhecimento. A terapia de regressão de idade desbloqueia os maiores traumas, pois grande parte da carga emocional/crenças limitantes, vem da infância."


Pedro Araújo

68 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page