top of page
  • Foto do escritorJoana

Família





Hoje é o dia internacional da Família. Porque decidimos falar deste tema no blog? Porque não existe alternativa melhor nos momentos mais difíceis do que a nossa família.


Tenho uma família muito grande (cortesia dos meus avós), e habituei-me a lidar com muitos tios e primos desde criança. Por este motivo, acho que família é muito mais que laços sanguíneos. É a nossa identidade. Temos sempre algo dos nossos pais, avós, e demais família. Mesmo aqueles traços que preferíamos não ter, regra geral é a eles que vamos buscar.


Nem sempre a vida permite que a convivência seja frequente, principalmente quando somos muitos como é o meu caso, mas o importante é podermos contar com os nossos quando realmente os necessitamos.


Depois existe o núcleo duro, a família mais direta que está lá sempre, até quando estamos rabugentos. Neste caso tenho sorte, porque posso sempre contar com eles. É assim que fui criada, e por isso sei que é assim que tem de ser. A família deve ser o porto seguro a que voltamos quando tudo o resto falha, a quem podemos recorrer aconteça o que acontecer. Sem desculpas nem obstáculos. Se os houvesse, não seria família, apesar dos laços sanguíneos.


É por isso que digo que tenho uma família tão grande. E os meus, estão lá sempre!

Feliz dia internacional do que temos de melhor: Família!!!

96 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page