top of page
  • Foto do escritorCarlita

Dia Mundial do Animal




Hoje celebra-se o Dia Mundial do Animal, e eu que tanto adoro animais decidi prestar a devida homenagem aos meninos peludos da minha família.


Respeito todas as opiniões, mas eu gosto mesmo de animais e acredito que eles são parte integrante das famílias, tal como sei e sinto que eles sabem quando estamos bem e menos bem. São amigos, fieis, companheiros, gostam de mimos e de mimar. Por vezes, são a melhor companhia do mundo, e estarão sempre, mas sempre, a nosso lado.


A minha adoração e respeito aos animais adquiri claramente do meu pai, que é um aficionado de paixão de animais, e de todo o tipo de animais. Irmos ao Zoo era uma festa, tivemos peixes (montes de peixes), tartarugas enormes, fizemos criação de periquitos e quis o destino que também tivéssemos um amor maior, um felino que ficará para sempre nos nossos corações, o nosso Fofinho, que brilha no céu e foi o gato mais leal e companheiro de sempre.


Sempre adorámos gatos, eu infelizmente desenvolvi uma alergia daquelas, pelo que cá em casa temos um "cãozinho". É o Rocky, um rafeiro alentejano, ou como também o podemos chamar carinhosamente, o nosso pónei. (é enorme!)
























Por sua vez, os meus pais têm 2 gatinhos,


o Peco (que herdaram da minha avozinha), branco de olho azul, super calmo e tranquilo e....



E o Chiquinho, que oferecemos ao meu pai, ainda bebé, um amor, super meigo... que se tem revelado cheio de personalidade e traquinas!!



E o Chiquinho já grande...




E assim, apesar de diferentes idades e origens, estes dois, tornaram-se grandes amigos:



A minha mana optou por começar com um cão para ter em casa, queria muito e o destino cumpriu essa parte e teve sorte... arranjou o Lucky.

E eu arranjei-lhe um gatinho, que trouxe literalmente para casa sem querer, e esta para mim é a melhor história, a do Mikas.


Trouxe o Mikas no motor do meu carro para a garagem de casa, andei 2 dias com ele no motor para frente e para trás. Até que o meu mais velho reparou em fezes de animal na garagem... estava um gatinho bebé, no motor, depois de ajuda e a muito custo (lá veio o meu pai socorrer) conseguimos tirar o gatinho, super assustado, sujo, e ao que nos parecia cego de um olhinho.


Mikas quando foi encontrado...

Mikas agora...

Não sabíamos bem o que fazer, não podíamos ficar com ele, os meus pais já tinham 2, mas fiquei maravilhada e orgulhosa da minha irmã, que se predispôs de imediato a adota-lo e acima de tudo a tratá-lo.


E sim, esta história tem um final feliz, o Mikas hoje é um gato lindo, que vê bem dos 2 olhos, depois de muitas consultas, muitas gotas e (reitero o orgulho à Dona Irmã), ele e o cão dão-se lindamente. Segundo consta, foi o cão que o adotou e o lambeu para o limpar.


É incrível a capacidade dos animais, mesmo em espécies diferentes, de ajudar o próximo. Muitas vezes os animais conseguem ter atitudes mais decentes que os humanos.


Se tiverem animais, respeitem-nos, mimem-nos, eles são parte de vocês!!!!

E senão for pedir muito adotem por favor!!!!




59 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page