top of page
  • Foto do escritorViver Alternativo

Alimentação Consciente e Natural, por Daniela Ricardo - Parte 3

Chegamos ao terceiro e último dia do artigo brilhantemente escrito por Daniela Ricardo. Uma contribuição muito importante e generosa que deu ao nosso blog, e que veio enriquecer e esclarecer muitos dos nossos leitores. Não poderíamos estar mais agradecidas. Hoje falamos sobre as Gorduras, as Vitaminas, os Minerais e as Fibras. Curioso? Não perca mais tempo, e esclareça todas as dúvidas que tem sobre estes temas.


"As Gorduras


Apesar dos importantes papéis que as gorduras desempenham no nosso corpo, toda esta categoria de alimentos foi evitada durante grande parte do século XX. Isto originou um enorme aumento na disponibilidade de alimentos sem gordura e gorduras reduzidas. Mas, apesar disso, as taxas de obesidade continuam a subir. Hoje, com a crescente consciencialização sobre a diferença entre as boas gorduras e as más gorduras tem permitido que se ganhem novos hábitos, mais salutares. Mas, o pêndulo ameaça balançar mais na direção oposta. As gorduras alimentares podem ser divididas em duas famílias, as gorduras saturadas e insaturadas.


Gorduras saturadas obtêm o seu nome a partir do facto de que seus ácidos gordos serem saturados com moléculas de hidrogénio. Isso leva a que as gorduras saturadas tendam a ser sólidos à temperatura ambiente, porque os seus ácidos gordos ficam densos. Gorduras animais, como a banha e a manteiga, são bons exemplos. Em contraste, os ácidos gordos que compõem as gorduras insaturadas possuem cadeias menos saturadas com hidrogénio. Isto também significa que estes ácidos gordos não se reúnem tão firmemente, deixando a maioria das gorduras insaturadas no estado líquido à temperatura ambiente. Os ácidos gordos ómega-3 são um tipo especial de ácido gordo insaturado. Eles encontram-se em altas concentrações no óleo de peixe, e em alguns frutos secos, sementes de linho e outros óleos vegetais. Os ácidos gordos ómega-3 são o único tipo de ácido gordo que o corpo humano não pode sintetizar. Eles são essenciais para a nossa saúde e eles precisam ser consumidos através do alimento que comemos.


As gorduras insaturadas podem ser naturalmente encontradas no azeite, nozes e abacates, por exemplo, ou podem ser feitas pelo homem, manipulando quimicamente para se tornarem insaturadas. Estas são as gorduras encontradas em algumas margarinas e nos tipos de óleos que são frequentemente utilizados para o arrefecimento repetido e reaquecimento em máquinas de fritura como os utilizados em muitos restaurantes de fast food. O problema com as gorduras insaturadas quimicamente modificadas é que as ligações químicas entre os átomos de carbono são menos estáveis, de modo que eles facilmente transformam em gorduras trans.


As gorduras trans são problemáticas para a nossa saúde porque aumentam a quantidade de colesterol LDL, o mau colesterol e diminuem a quantidade de colesterol HDL, o bom colesterol. Ao fazer isso, as gorduras trans promovem a formação de placas arteriais e aumentam o risco de doenças cardíacas.


Embora gorduras saturadas também têm demonstrado contribuir para o aumento do colesterol LDL, não têm demonstrado diminuir o colesterol HDL ou contribuir para o desenvolvimento de placas arteriais tão significativamente quanto as gorduras trans.


Então, qual é a linha de atuação quando se trata de alimentos que contêm gordura? O que escolher? Provavelmente a recomendação mais sensata é desfrute de quantidades razoáveis de alimentos que contêm principalmente gorduras insaturadas como as naturalmente encontradas no azeite, nozes e abacates. Evite todos os alimentos que contenham gorduras trans. E limite ou elimine a ingestão de alimentos, como carnes vermelhas, que são ricos em gorduras saturadas.


As Vitaminas e os Minerais


As vitaminas e os minerais são elementos fundamentais ao bom e correto funcionamento do organismo. As Vitaminas são elementos orgânicos que estão presentes nas plantas e nos animais. Os minerais são elementos inorgânicos provenientes da Terra, do Solo e da Água, e que são absorvidos pelas plantas. Os humanos e os animais adquirem e absorvem estes minerais através das plantas, quando os ingerem.


As vitaminas são cruciais para a manutenção de uma boa saúde da pele, do cabelo, dos olhos e do sistema imunitário. Enquanto os minerais são fundamentais para o desempenho de diversas funções no organismo como transformação de alimentos em energia e a composição dos ossos e dos dentes.


As vitaminas e os minerais são, portanto, micronutrientes essenciais para o nosso corpo crescer, se reparar e funcionar normalmente.


As Fibras


Apesar de não ser um “nutriente”, as fibras alimentares são um componente muito importante da nossa alimentação, diria mesmo essenciais e muito descurada nos dias que correm. As fibras consistem basicamente na parte não digerível dos alimentos de origem vegetal, das plantas. Ou seja, compreende as partes comestíveis dos vegetais que o nosso intestino delgado é incapaz de digerir e absorver, passando para o intestino grosso intactas. O facto de não poderem ser absorvidas e atravessarem todo o trato digestivo é que lhes confere essa importância, pois promove a saúde do nosso aparelho digestivo ajudando-o a limpar-se e a manter a sua motilidade. São estes resíduos não absorvíveis da nossa alimentação que ajudam o nosso corpo a remover os produtos de eliminação produzidos pelo nosso corpo.


Espero que tenha sido um bom contributo para que a vossa escolha alimentar seja mais consciente e natural, de acordo com o vosso ser e um caminho para uma vida mais saudável e plena.


Atreve-te a ser diferente.


Vive consciente!"


Daniela Ricardo

41 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page